Panquecas!

Parque Guell

El Park Güell

Talvez eu tenha sido a última a descobrir as panquecas! Foi minha época de crepe, de muffins e cupcakes… agora eu fiquei viciada em panquecas! E por incrível que pareça, minha descoberta foi em um brunch servido em um restaurante – que vale a pena a visita – em Barcelona.

Descobrimos o Milk num guia TimeOut. Depois de uma noite razoável – mas bem abaixo das expectativas para ser uma balada em Barcelona – queríamos nos acabar num brunch para continuar a andança por Barça. Eu criei uma espécie de trauma com cidades muito turísticas no quesito restauração. Por isso, já fui com um pé atrás, esperando pagar muito por pouco. Resumindo, cheguei lá e bati o olho naquele prato: Panquecas com xarope de Maple, frutas vermelhas e iogurte. E foi aí que eu descobri a panqueca.

Hoje, com saudade precoce da minha irmã e com uma vontade tremenda de panquecas, lá fui eu caçar a receita na internet. Na verdade, é bem parecido com o crepe, só que leva fermento também, o que dá o efeito bolo.

Pros inspirados ou pros sem inspiração, olha a sugestão para o café da manhã do domingão. O site original da receita é o All Recipes:

1 ½ xícara de farinha

3 ½ colheres de chá de fermento

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de açúcar branco

1 ¼ de xícara de leite

1 ovo

3 colheres de sopa de manteiga derretida

Daí é fácil: misturar todas as ‘farinhas’ e depois todos os líquidos, até ficar sem bolinhas de farinha.

Esquentar bem quentinha uma frigideira com um dedo de manteiga (pra não grudar) e colocar uma concha da massa. Marronzinho dos dois lados? Pronto! Daí é só colocar a geleia, o mel, os pedaços de fruta e curtir!

E as comilanças continuam…

Tapas 24

Cardápio do Tapas 24. Em catalão…

Um pouco (bastante) mais a cara da gastronomia da Catalunha, o super guia do TimeOut nos indicou o charmoso Tapas 24. Parece que o lugar recebe por volta de 800 clientes por DIA. Quem me confiou esse número foi um chef brasileiro que mora na cidade do Gaudi. Mesmo com um preço salgado (pelo menos pro meu bolso de estudante), o bar de tapas/restaurante faz um mega sucesso. E não é por menos. Dê uma olhada no ceviche de bacalhao, o tapa que eu mais gostei:

Ceviche de Bacalhao

Ceviche de Bacalhao

Do mais, não arriscaria dar dicas sobre Barcelona. A cidade é enorme, a quantidade de turistas passeando pela Rambla chegava a ser assustadora! A praia mais próxima do centro, a Barcelonenta, é linda, mas acho que durante o verão todo a disputa por um espaço na areia é complicado… Por isso, é bom lembrar de colocar a paciência na mochila antes de embarcar pra lá! 😉

Advertisements