Pequeno

E então a fonte secou. O tempo passou. O sorriso cansou. A cortina fechou. A platéia aplaudiu? Acho que ela apenas gargalhou. Ninguém os avisou que o que eles acabavam de presenciar era um drama. Riram. Riram da desgraça que parece nunca os tocar ou riram para não chorar?

Ontem eu vi minha primeira verdadeira flor de primavera. Ela era rosa, como o sorvete que eu tomava.

Quando eu olhei pra baixo, a grama já não era só verde. Havia ganhado cor: branco, amarelo, violeta.

Quando olhei pra frente, vi os primeiros rostos de primavera, menos pálidos e mais sorridentes que aquelas da estação que partia.

Na primavera, nascem as esperanças, que secam com o calor do verão ou se afogam nas chuvas do fim da estação. A primavera traz alegria, esperança… Mas não traz certeza.

Na vida fora das telas, seria uma ventania, ou um banho de chuva, ou o cruzar de uma ponte, anúncios de um turning point?

Advertisements