Outono

Outono

‘Deixa no chão, porra!’. Foi o que ela pensou depois de passar pelo terceiro moço com uma daquelas máquinas de ‘varrer’ folhas.

Logo pensou na metáfora que alguém disse para ela: “Pense em você como uma folha que acaba de se soltar de uma árvore. Ao invés de ficar pensando se vai pousar ali ou aqui, aproveite o vôo”.

Aquelas folhas tinham finalmente decido onde se aconchegar. Ou, mesmo se caíram ali, na frente daquela porta, ao simples acaso, poderiam finalmente descansar em paz. Mas daí, alguém aparece com uma máquina barulhenta e as força mudar seu curso.

Mais um motivo para ‘aproveitar o voo’ ou mais um motivo para ‘se preocupar se vai cair ali ou aqui’?

Advertisements